terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Lideranças que apoiaram o deputado Bordalo no primeiro turno das prévias petistas optaram pela candidatura de Cláudio Puty no segundo turno.

"Votei no Bordalo no 1º turno. Agora sou Puty, com ele o PT vai vencer em 2012"

Balbino de Mosqueiro, declara apoio à Puty no segundo turno da prévias do PT Belém.



Aristides Ganzer

Dona Dora da CDP e a neta Jayana

Companheira Martinha


"Agora sou Puty. No primeiro apoiei o Bordalo, mais agora tenho a convicção que somente com o Puty o PT vai vencer em 2012"

Raulinodeclara apoio à Puty no segundo turno da prévias do PT Belém. Ele é presidente do sindicato dos trabalhadores do comércio informal e militante histórico do PT.

Eu já decidi, meu voto é no Puty

 Fui candidato no 1º turno nas prévias do PT em Belém, agora tenho a convicção que no segundo o melhor para o PT e para Belém é o nosso companheiro Cláudio Puty.Meu apoio a sua candidatura é porque tenho certeza que ele irá construir uma campanha afirmativa do Partido dos Trabalhadores, com identidade programática, e, sobretudo que ele não irá se atrelar e não irá se submeter a alianças com a direita”
Paulo Gayadeclara apoio à Puty no segundo turno da prévias do PT Belém


"No 1º turno eu apoiava o Bordalo, agora no segundo entendo que o candidato com mais condições de representar o PT em 2012 e protagonizar nossa vitória é Cláudio Puty"

Fabio Paixãodeclara apoio à Puty no segundo turno da prévias do PT Belém
"A militância no 2º turno vai ser a verdadeira fiel da balança. A decisão em apoiar o Claudio Puty é pela demostração que ele é a representação do verdadeiro avanço e da novidade que o PT deve representar em Belém"



Augustão do PTao declarar apoio à Puty no segundo turno da prévias do PT Belém



Lideranças do PT : “Puty prefeito, para o PT vencer em 2012”

Plenária dá o tom: “Puty prefeito, para o PT vencer em 2012”

Confira as fotos da plenária realizada nesta terça, 24 de janeiro, no Sindicato dos Bancários:








































No domingo vamos votar para o PT ganhar. Belém tem jeito, Puty prefeito!













Lideranças de Outeiro declararam apoio a Claudio Puty.

Puty conversa com lideranças de Outeiro

Lideranças do distrito administrativo do Benguí estão com Puty


“Eu apoio Claudio Puty para candidato, pois, entendo que ele seja o melhor quadro político. Por toda sua história militante e por sua formação política. Ele transmite seriedade, integridade e segurança, e sempre esta perto da comunidade”.Cacilda



“Eu voto Claudio pela retomada do povo a frente da gestão municipal, resgatando os princípios populares na gestão de Belém”. Jorge Cruz








“Eu declaro meu apoio ao Puty por ele ser um candidato novo, que propõe a mudança. Por todo esse carisma que ele possui, porque ele sempre esta perto do povo, e sempre sabe o que está acontecendo conosco”. Aline





“Eu apoio o Claudio porque dentre os candidatos apresentados, considero ele o quadro mais qualificado para representar o PT e disputar a prefeitura de Belém”. Williams ‘Mumu’







“Meu apoio na candidatura das prévias é ao companheiro Puty. Porque ele representa uma nova visão de um segmento do PT, que hoje esta carente de políticas publicas que é a juventude. Sei que a juventude dentro dessa candidatura será bem representada e terá espaço”. Adelcidio ‘Chapolin’




“Estamos apoiando o Claudio, porque ele foi o único que se comprometeu a ir fazer um debate com outra tendência. Além disso, sabemos que ele irá governar com o partido e com a sociedade”.Renato








“É incomparável o companheiro de luta que é o Claudio Puty. Em outras palavras, é o companheiro que mostrou sua capacidade na Câmara, e sabemos que ele vai fazer um bom trabalho por Belém”. Conceição







“Eu apoio o Puty, porque ele tem uma visão socialista, construiu uma chapa renovadora com todas as lideranças que foram esquecidas em todos os distritos, por isso ele vai ganhar no primeiro turno”. Ecivaldo ‘Caco’

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Prévias do PT: Puty ! O PT vai vencer.

As Previas do PT Belém – Puty é o melhor candidato. Rolando Noronha e Vicente Cidade

Encerrados os debates nas plenárias por distrito em Belém e na véspera da votação das prévias do PT que ocorrerá neste domingo 22/01, podemos passar a limpo este processo, pontuado por grande participação da militância e muitas informações mentirosas e/ou absurdas divulgadas para confundir.

São fatos importantes:

1 – A Quantidade real de Filiados

Na realidade estão aptos a votar 9.011 militantes petistas, entenda-se por aptos os filiados quites com sua anualidade e filiados a mais de um ano no PT, dos quais estima-se o comparecimento no dia 22, de menos de 7.000 pessoas (uma quebra de 25%), baseado na média de comparecimento nas ultimas eleições.

Destes filiados, é do conhecimento interno no partido de quem é a relação política ou de proximidade com tendência de um a um dos militantes. Assim podemos dizer que são da relação política do Puty em torno de 5.200 dos filiados aptos, em segundo vem o Alfredo com algo em torno de 2.000, em terceiro o Bordalo com uns 1.500 petistas e os demais candidatos com o restante.

2- Densidade eleitoral

Para a militância petista a candidatura de prefeito não é para marcar posição, ao PT interessa ganhar a eleição em Belém. Portanto conta muito saber quem tem densidade eleitoral. Entre os pré candidatos colocados na disputa o deputado Federal Puty é o que tem mais lastro político eleitoral, teve na ultima eleição (2010) de 29.479 votos em Belém, enquanto o vereador Alfredo teve 9.018 votos, enquanto Bordalo teve 5.840 votos, reflexo de sua atuação mais focada no interior. Alem disso Puty representa uma renovação das lideranças paridárias, tem mais a cara de Belém, é de perfil urbano, filho de funcionários públicos, professor universitário, nitidamente com postura mais a esquerda e representa a estratégia diferente de relação com o PMDB.

3- Ascensão em Brasília

Em apenas um ano de mandato, Puty teve destaque em Brasília, ficando entre os deputados mais influentes na relação do DIAP, na categoria deputado em ascensão. Assumiu a presidência da comissão de tributação e finanças da câmara - CFT, uma das mais importantes da casa, atuou em projetos e lutas importantes, como a denuncia da crise da ALEPA, criação do campus de Parauapebas e aprovação da lei simples nacional e etc.

4- A força do PT nacional e local

O fato de estar em ascensão nacional coloca a candidatura de Puty como prioritária. Puty construiu uma relação muito boa com a presidenta Dilma, sendo inclusive relator da lei geral das micro e pequenas empresas - supersimples. Representa um projeto coletivo, com apoio nacional, para fortalecimento do PT. E por isso terá capacidade e transito em Brasília para conseguir recursos para Belém. Os demais candidatos às previas do PT são opções mais domésticas.

Vale ressaltar que o candidato do PT contará com apoio da presidenta que esta com uma aprovação positiva de mais de 70%, e precisa ganhar prefeituras para reforçar a sua reeleição.

Alem disso pesquisas apontam que o PT em Belém Larga com 18% das intenções de voto, este eleitorado prefere o PT, qualquer candidato do partido viável alcança esta meta inicial.

5- Enfrentamento ao PMDB e ao PSDB

Durante as prévias foi recorrente nas plenárias o debate sobre a política de alianças defendida pelos candidatos. Foi consenso de todos que faremos oposição ao PSDB e ao Duciomar. Sobre o PMDB o PUTY, Paulo Gaia e Fabio Pessoa foram os candidatos que se posicionaram claramente contra qualquer possibilidade de compor com PMDB, principalmente como vice de Priante.

PUTY defendeu em todos os debates das prévias, a estratégia de rearticulação do PT com os movimentos sociais e partidos de esquerda, bem como a construção de um programa de governo claramente mais progressista e identificado com as principais políticas públicas do governo federal.

Neste sentido, a vitória do deputado PUTY nas prévias representará um rompimento imediato do “alinhamento passivo” do PT com o PMDB e essa renovação nas práticas políticas do PT, como estratégia de fortalecimento partidário, foi também uma ação muito cobrada pelos militantes do partido.

6- Cenário da Eleição Municipal favorece candidatura Puty

Esta eleição, com o quadro atual, se mostra atípica, com muitos candidatos considerados fortes. Mantendo-se esse quadro com as candidaturas de Edmilson (PSOL), Zenaldo/Flexa (PSDB), Jordy (PPS), Priante (PMDB) e Almir Gabriel (PTB), teremos um eleitorado bastante dividido.

Especificamente focando na situação do PT, temos a nosso favor uma média histórica de 18% do eleitorado na capital e se mantivermos esse patamar estaremos próximos do segundo turno e bem posicionados, com chance real de vitoria.

Vale destacar três aspectos particularmente importantes nesse cenário. O primeiro é grande aceitação da nossa presidenta Dilma e de seu governo, sendo assim, o casamento com os programas federais nos dará uma boa visibilidade; o segundo aspecto é a defesa do legado do nosso governo estadual, que executou grandes obras em Belém; e por fim, temos ainda a fragilidade estrutural da candidatura do Edmilson, no tocante a tempo de TV, políticas de alianças e perfil do eleitorado, o que fatalmente levará à migração de votos para o PT.

Somados, esses aspectos beneficiam a candidatura do deputado PUTY, pois, teve grande desenvoltura em Brasília, é muito identificado com o governo da companheira Ana Júlia e tem um perfil de candidatura mais à esquerda, que pode atrair o eleitorado do Edmilson, que hoje lidera as pesquisas.

6- Unidade partidária

As prévias do PT foram um processo interno e democrático que movimentou toda a militância, com média de mais de 300 participantes por plenária, unificando o partido, fazendo esclarecimento de divergências internas e fortalecendo a unidade do PT como nunca antes. Durante os debates, todas as tendências se expuseram e se comprometeram com a militância, ouviram a base e o resultado final foi de respeito e comprometimento de todas as tendências sobre a necessidade da candidatura própria do PT.

Em que pese a tentativa de alguns setores da direita em divulgar inverdades sobre um pretenso racha, a verdade é que a unidade do partido está consolidada.

7 - É preparado e tem formação elevada

Por fim o Puty representa a mudança, uma renovação qualitativa dos quadros do partido, é um jovem candidato com uma solida formação acadêmica: Economista, com mestrado no Japão e doutorado nos EUA. É professor de economia da Universidade Federal do Pará e tem experiência política, pois ocupou algumas das principais pastas no governo do estado e é deputado federal, onde preside no Congresso Nacional a Comissão Técnica de Tributação e Finanças.

PUTY reúne respeito acadêmico, experiência política e de gestor, com conhecimento sobre os debates contemporâneos de uma cidade com latente necessidade de políticas de sustentabilidade, mobilidade urbana e de alternativas de desenvolvimento e geração de emprego e renda, principalmente num momento em que o cenário de isolamento da capital é notório, os investimentos programados para o sul e sudeste do estado do Pará estão linkados ao sudeste do país.

Ficou claro nos debates que PUTY é o mais preparado do PT.

O PT, que entrou dividido nas prévias, sai unificado porque a cada plenária lotada aumentava a demonstração da militância de querer mudar a situação de descaso na qual se encontra a cidade, o sentimento petista reflete o clamor popular pela saída de Duciomar, esse presente de grego que os tucanos deram a Belém. Precisamos de uma candidatura forte para que o PT se consolide como melhor opção nas eleições de outubro. Vamos juntos vencer mais essa batalha.

Elizeu das Chagas
Membro da coordenação de combate ao Racismo do PT/PA

Postado por Vicente Cidade

Tucanalha na "berlinda". É só safadeza !!

Segundo o (nada)Bacana, a 'da putada' Simone Morgado teria entregue um tal dossiê ao Ministério Público contendo graves denúncias de corrupção na gestão do presidente Manoel Pioneiro, do PSDB.

Ainda segundo ele, mais tarde a tal 'da putada' dará uma coletiva para explicar melhor as acusações. Vamo ver !!

Ontem foi o bicheiro Mário Couto e sua filha Cilene Couto que foram denunciados por sacanagem na ALEPA, Hoje é vez do Pioneiro.

PS. A função do PMDB é essa: destruir os outros, igualar todo mundo a eles. A tal 'da putada' teria ficado um ano montando o tal dossiê. Por que não evitou a roubalheira ? não, preferiu deixar correr solto a sacanagem pra agora arrebentar. E ainda tem gente por aí que defende estar ao lado dessa corja !!!  
O MPE ajuizou o Senador Mário Couto e sua filha a deputada Cilene Couto pelas fraudes na ALEPA.

Agora senador? Depois de bicheiro, ladrão do dinheiro do povo.

Pra acabar de completar o seu inferno astral (bem feito!), segundo o "dentista social'  a sua vaga no senado está seriamente ameaçada. É que em 2014, ano em que termina seu mandato, o Lorota terá que ceder a vaga do senado para algum dos seus aliados, já que o PSDB dificilmente indicará os dois cabeças de chapa, ou seja, governador e senador.

Tanta bravata um dia teria de ser desmascarada !!



Escândalo da Alepa: MP denuncia senador tucano Mário Couto, a filha dele, Cilene, e mais o deputado Haroldo Martins, do DEM, por improbidade administrativa. 16 pessoas são acusadas de lesar os cofres públicos em quase R$ 2,4 milhões. Metade teria sido “saqueada” no ano eleitoral de 2006.

Quase R$ 1,3 milhão "saqueado" só da Folha de Pagamentos da Alepa em 2006, quando Mário Couto se elegeu senador. (Foto: Wikipédia)
  
É a hora e a vez do senador tucano Mário Couto Filho: ele e mais 15 pessoas, incluindo a filha dele, a deputada estadual Cilene Couto, foram denunciados hoje em Ação Civil Pública ajuizada pelo Ministério Público Estadual. Todos são acusados de participação no esquema de fraudes da Folha de Pagamentos da Assembléia Legislativa do Pará (Alepa), no período entre fevereiro de 2003 e janeiro de 2007.
 
E mais: fonte do MPE garantiu ao blog que até segunda-feira vem por aí nova ação de improbidade administrativa envolvendo o período em que a Alepa era comandada por Mário Couto. O foco do novo processo serão as milionárias fraudes em licitação que teriam ocorrido naquela época, um esquema no qual teria pontificado, entre outras, a empresa Croc Tapioca.

 
Na ACP ajuizada hoje pelos promotores Nelson Medrado e Arnaldo Azevedo foram denunciados, além de Mário Couto e Cilene, o deputado estadual Haroldo Martins e Silva (DEM), ex-primeiro secretário da Alepa, e os servidores, ou ex-servidores, Rosana Cristina Barletta de Castro, Nila Rosa Paschoal Setubal, Ana Carla Silva de Freitas, Waldete Vasconcelo Seabra, Adailton dos Santos Barboza, Ana Maria Tenreiro Aranha Moreira, Brunna do Nascimento Costa Figueiredo, Daura Irene Xavier Hage, Elzilene Maria Lima Araujo, Jaciara Conceicao dos Santos Pina, Monica Alexandra da Costa Pinto, Osvaldo Nazare Pantoja Paraguassu e Sada Sueli Xavier Hage Gomes. 

 
Segundo o MP, as fraudes na Folha de Pagamento, nesse período entre fevereiro de 2003 e janeiro de 2007, teriam provocado um rombo de quase R$ 2,4 milhões. Daí o pedido para que esses 16 cidadãos sejam condenados a ressarcir o erário, além de sofrerem as demais penalidades previstas na lei de improbidade administrativa: perda da função pública, suspensão dos direitos políticos, proibição de contratar com a administração pública, por exemplo.

 
Alguns dos denunciados hoje não teriam se beneficiado do suposto  esquema de fraudes. É o caso, por exemplo, de Cilene Couto e de Ana Carla Freitas (que seria mulher do vereador Carlos Augusto Barbosa, do DEM). O problema é que tanto Ana Carla como Cilene integravam o Controle Interno da Alepa. E o MP entende que foi a falta de fiscalização por parte do Controle Interno a também possibilitar a ocorrência dessas fraudes.

 
Outros, como as irmãs Daura e Sada Hage, Elzilene Maria Lima Araújo e Osvaldo Pantoja Paraguassu teriam turbinado os próprios salários em milhares de reais. Isso era possível porque a Folha que ficava arquivada na Alepa era diferente daquela enviada ao Banpará.

 
Assim, Sada teria obtido em sua conta bancária um crédito de quase R$ 472 mil, contra os R$ 24 mil líquidos a que realmente tinha direito, pela Folha de Pagamento arquivada na Alepa. Já no caso de Daura, a diferença a maior em sua conta bancária teria sido de quase R$ 331 mil. Elzilene teria levado quase R$ 408 mil a mais. E Osvaldo Paraguassu quase R$ 393 mil.


Veja no quadro abaixo:



Vale salientar, no entanto, que a ACP de hoje diz respeito apenas ao período entre 2003 e 2007 e que o MP ainda deve ajuizar novos processos em relação a tais fraudes, abrangendo tanto a gestão de Mário Couto, quanto a do ex-presidente da Alepa, Domingos Juvenil, do PMDB.
 
A fonte ouvida pelo blog também explicou que o foro privilegiado do senador Mário Couto é apenas para eventuais ações criminais, e não para ações por improbidade administrativa.

 
O senador e o deputado Haroldo Martins foram denunciados na ACP porque dirigiam a Alepa naquele período, sendo responsáveis pela nomeação e exoneração de servidores, por exemplo, e até pela assinatura das folhas de pagamento. 

 
Segundo o levantamento dos técnicos do MP, mais da metade desses quase R$ 2,4 milhões (ou R$ 1,254 milhão) teria sido “saqueada” no ano eleitoral de 2006.


Veja aqui a íntegra da ACP:

http://www.mp.pa.gov.br/upload/noticia/acp-fraude-folha-alepa.pdf

Eu já decidi, meu voto é no Puty

Eu já decidi, meu voto é no Puty

 Fui candidato no 1º turno nas prévias do PT em Belém, agora tenho a convicção que no segundo o melhor para o PT e para Belém é o nosso companheiro Cláudio Puty.Meu apoio a sua candidatura é porque tenho certeza que ele irá construir uma campanha afirmativa do Partido dos Trabalhadores, com identidade programática, e, sobretudo que ele não irá se atrelar e não irá se submeter a alianças com a direita”
Paulo Gayadeclara apoio à Puty no segundo turno da prévias do PT Belém

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Ícaro, primeiro aluno negro cotista de medicina da UFBA, recebe diploma | Maria Frô

Ícaro,primeiro ano negro cotista de medicina da UFBA, recebe diploma | Maria Frô



Apesar do DEM, dos Demétrios, dos Demóstenes, dos Dantas, o vôo deste Ícaro foi pleno de realizações. Que história fantástica. Que venham muitos Ícaros.
Primeiro aluno de Medicina a entrar por cotas na UFBA recebe diploma
Por: Luana Ribeiro, Correio da Bahia
luana.ribeiro@redebahia.com.br
06/01/2012

Ícaro começou Medicina na Ufba em 2005. Tornou-se ícone do sistema; aprovado em concurso para o Programa de Saúde da Família, já tem emprego garantido. Foto: Almiro Lopes

Em uma casa azul na Ladeira Manoel Faustino – mesmo nome de um dos líderes negros da Revolta dos Alfaiates, que em 2011 se tornou Herói da Pátria – Ícaro Luis Vidal, 24 anos, se apronta para o grande dia de sua vida. À noite, o primeiro estudante a ingressar pelo sistema de cotas no curso de Medicina da Universidade Federal da Bahia (Ufba) se forma.

As trancinhas que a cabeleireira faz em seu black power têm dois motivos: um é poder vestir o capelo de formatura (chapéu usado na solenidade). O outro é a pressão de sua mãe, Raimunda Vidal dos Santos, 47, que acha que assim o filho fica mais bonito para a festa, realizada ontem à noite, no Centro de Convenções.

Ícaro começou o curso em 2005, quando a Ufba implantou o sistema de cotas. Hoje, a instituição reserva 2% das vagas para índio-descendentes e 43% para alunos que tenham todo o ensino médio em escolas públicas. Desses, 85% são para estudantes que se declararam pardos ou pretos.

Ao fim do 3º ano no Colégio da Polícia Militar, conciliado com o cursinho, Ícaro já tinha passado no meio do ano em Direito na Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs). “Assim, eu fiz a prova mais tranquilo”. Amiga de infância, Inês Costal, 24, lembra dele como aluno aplicado. “Sempre foi brilhante, era o CDF”, relata.

Orgulho
Ícaro atribui o desempenho à sua criação. “Ele nunca me deu trabalho, mas sempre cobrei. A média do colégio era 8, mas eu exigia 9”, lembra a mãe. O rigor deu resultado. “Tenho orgulho dos meus filhos”, afirma ela, incluindo a filha Ísis Carine dos Santos, 25, que mês que vem se forma em Engenharia Química, também na Ufba.

Ontem, na formatura, dona Raimunda via o sonho realizado e vibrava num longo rosa. “Dever cumprido. Agora vou cuidar de mim”, diz ela, que este ano vai tentar cursar Pedagogia. “Espero conseguir uma vaga pelo Enem”, torce.
Ícaro divide com ela e com Ísis uma casa na Liberdade. O pai, que mora em Feira de Santana, também veio para a formatura. Uma outra irmã mora em Conceição de Feira.



Primeiro aluno de Medicina a entrar por cotas na UFBA recebe diploma


Desafios

O sonho de Medicina surgiu cedo. Ao ver crescer a barriga de três tias que engravidaram na mesma época, a cabeça do menino de 6 anos se encheu de perguntas. “Queria saber como tinha entrado, como saía”, lembra. Com o tempo, esqueceu a obstetrícia: agora quer ser oncologista. “Conviver com esses pacientes, tão carentes de atenção, me despertou para a área. O câncer é uma doença que isola”, reflete.

Se os pacientes sofrem, Ícaro também passou perrengues. Nos dois primeiros anos, além de cursar a faculdade, trabalhava e fazia curso técnico em Química, no Instituto Federal da Bahia (Ifba, então Cefet), que lhe possibilitou ser perito técnico da Polícia Civil.

O rapaz só chegava em casa às 23h e ainda tinha que estudar até as 2h. Várias vezes acabou dormindo em cima dos livros. “Mas nunca repeti nenhuma matéria”, orgulha-se.

O grande impacto na Ufba foi o grau de dificuldade. “A cota facilita a entrada, mas sair depende de você”, analisa.

Hoje, Dr. Ícaro está encaminhado: passou em um concurso para médico do Programa Saúde da Família (PSF). E quer mais. “Quando vi a equipe do (Hospital) Sírio-Libanês que cuidou de Lula falando com os repórteres, pensei: um dia eu é que vou estar aí”.

Projeto propõe cotas obrigatórias

Mesmo com tantas universidades no país adotando cotas, não há uma lei federal que determine regras ou obrigue as instituições a aderirem ao sistema. As universidades têm autonomia para decidir quantas vagas destinarão às cotas e se o critério será socioeconômico ou étnico. Um Projeto de Lei (71/99) sobre o tema já foi aprovado na Câmara e desde 2008 aguarda para ser votado no Senado. Segundo a proposta, apresentada em 1999 pela então deputada federal Nice Lobão (PFL-MA), as universidades públicas federais reservariam vagas para estudantes que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas, tenham renda familiar per capita de até 1,5 salário mínimo e sejam negros, pardos ou indígenas.

No Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Ricardo Lewandowski relata duas ações contra cotas para negros. A primeira foi ajuizada pelo DEM contra a Universidade Federal de Brasília (UnB), onde uma comissão decide por foto ou entrevista quem pode ser classificado como negro, pardo ou branco. A outra foi proposta em maio por um estudante que não foi aprovado na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Há ainda no STF mais três ações sobre o sistema de cotas adotado pelo ProUni. Os processos estão na pauta de votação desse ano.