quarta-feira, 18 de abril de 2012

16 anos do massacre.


Em 17 de abril, há dezesseis anos, em Eldorado dos Carajás, 21 trabalhadores rurais sem-terra foram massacrados pela polícia do governo do PSDB. A colonização na Amazônia favoreceu uma série de conflitos que envolvem grandes latifúndios e trabalhadores, que lutam pela igualdade de condições de trabalho na terra e fazem da luta no campo uma bandeira conhecida no mundo todo.

A mídia mundial voltou e volta os olhos para o Pará nesta data, que relembra o massacre dos trabalhadores, que sofreram a intolerância de um governo que faz parte de uma tradição política, que não sabe dialogar com movimentos sociais. Assim, o nosso estado ficou conhecido mundialmente por ser um cenário que protagonizou um dos mais violentos episódios e crimes contra direitos humanos da história do Pará e do mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário