segunda-feira, 31 de março de 2014

Habitação nota Zero para Simão Jateve.

A FOTOGRAFIA DA LOROTA
Depois de passar quatro anos sem que a COHAB sob sua gestão construísse uma moradia sequer, Simão Lorota lançou, ontem, um conjunto habitacional com projeções de que será inaugurado até o fim do ano que vem, já sob novo governo que pode até não ser o dele. Tudo bem que o governo é impessoal, sendo dever do governante criar políticas públicas de interesse da população.
De qualquer modo, fica claro que a dita obra é tratada com a irresponsabilidade que marcou esses quatro anos de um governante que retirou o estado do papel de indutor do nosso desenvolvimento e nos fez retroceder economicamente. Claro que esse conjunto constará da peça de ficção que o marketing lorótico costuma apresentar ao final de seu governo. O exemplo mais pungente dessa empulhação ainda deve estar circulando por aí, ainda que restritamente, quando, em dezembro de 2006, o governo virtual da Griffo apresentou o Hangar Centro de Convenções como "pronto pra ser usado pela população". Não estava e teve de ser concluído pelo novo governo. Agora a lista de "realizações" de Orly Bezzerra está certamente muito maior, o que permitirá a edição de álbum primoroso. No entanto, Simão sairá com a mesma avaliação que ora experimenta, exatamente por aceitar passivamente viver em mundo de truques gráficos desprezando a realidade, por isso sairá como um dos piores governadores do Brasil nesse período.

Nenhum comentário:

Postar um comentário