quarta-feira, 9 de abril de 2014

PT é mais Pará.

Bancada do PT na Alepa apoia instalação da CPI da Pró-Saúde

A bancada do PT na Assembleia Legislativa, da qual somos líder, assinou agora de manhã o documento em favor da criação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pró-Saúde, proposta pelo deputado Edmilson Rodrigues para investigar o contrato mantido entre o estado e a organização social para a administração dos Hospitais Regionais de Santarém, Marabá, Altamira e Metropolitano.

A CPI já recebeu 15 assinaturas e já pode, portanto, ser protocolada junto a mesa diretora da Assembleia Legislativa do Pará.

O deputado Edmilson justifica, no requerimento de CPI, que o Estado assinou o aditivo de contrato com a Pró-Saúde, passando de R$ 64 milhões para R$ 80 milhões, sem que os serviços fossem ampliados. Ao contrário, no Hospital Regional de Santarém vários serviços foram reduzidos, como os exames de patologias clínicas, que foram reduzidos de 440 mil exames realizados em 2009 para 240 mil em 2011, ou seja, quase pela metade.

Outra denúncia grave é a de que o hospital recebeu equipamentos do Ministério da Saúde para implantar laboratórios, mas os equipamentos permanecem guardados, enquanto os exames dos pacientes são processados em São Paulo, na sede da empresa, garantindo mais lucros para a organização e proporcionando maior tempo de espera aos pacientes na obtenção de resultado dos exames.

Nenhum comentário:

Postar um comentário